Paranatinga, 11 de Dezembro de 2017

Esportes

Próximo do tetra, Hamilton diz que vantagem para Vettel é "inacreditável"

FORMULA 1 | 08/10/2017 11:55:14


 

 Nem seus maiores sonhos Lewis Hamilton poderia imaginar que, faltando quatro etapas para o fim da temporada, estaria com uma vantagem de 59 pontos na liderança do campeonato.

 

Neste domingo, em Suzuka, o inglês se aproveitou de mais um problema com a Ferrari de Sebastian Vettel, e venceu o GP do Japão, o oitavo triunfo na temporada. Entrevistado após a prova, o piloto da Mercedes #44 revelou que esperava uma disputa acirrada com o alemão pela vitória e valorizou a confiabilidade de sua flecha de prata.

 

É meio que inacreditável pensar que estamos onde estamos. Eu estava empolgado em ter uma boa corrida contra Seb aqui, como tive na última prova, mas obviamente ele tem tido uma incrível infelicidade. Em um mundo como o de hoje, na Fórmula 1, é muito sobre confiabilidade - toda a performance, e não só a velocidade na pista. A equipe mostrou há muitos anos que temos uma plataforma sólida. Nós somos líderes nessa área, então, obrigado a todos na fábrica, me fornecendo um carro com o qual posso usar minha habilidade.

O resultado no Japão colocou Hamilton ainda mais próximo do quarto título mundial na Fórmula 1. O inglês pode, inclusive, se sagrar campeão já no GP dos EUA, daqui a duas semanas, em Austin. Para isso, ele terá que vencer a corrida e torcer para que Vettel não passe do sexto lugar, porém, com 100 pontos ainda em jogo nas quatro provas restantes, o tricampeão da Mercedes prefere manter os pés no chão.

 

Vitória foi a oitava do inglês na temporada (Foto: Getty Images)

Eu estava tentando administrar o ritmo e os pneus. Foi o mais quente que a pista esteve em todo o final de semana, e sabendo que as RBR e Ferrari estavam rápidas na corrida foi muito importante naqueles momentos iniciais tomar conta dos pneus. O safety car virtual no final fez eu perder muita temperatura nos pneus e aquecê-los de novo não foi fácil. Depois fiquei preso atrás de Alonso e Massa. Nunca vi seu carro (Verstappen) tão grande nos retrovisores, ele ficou bem perto durante algumas voltas.

Eu estava tentando administrar o ritmo e os pneus. Foi o mais quente que a pista esteve em todo o final de semana, e sabendo que as RBR e Ferrari estavam rápidas na corrida foi muito importante naqueles momentos iniciais tomar conta dos pneus. O safety car virtual no final fez eu perder muita temperatura nos pneus e aquecê-los de novo não foi fácil. Depois fiquei preso atrás de Alonso e Massa. Nunca vi seu carro (Verstappen) tão grande nos retrovisores, ele ficou bem perto durante algumas voltas.

 

Fonte: GE

Veja Também

TRIUNFO | 27/11/2017

Mato Grosso brilha em torneio nacional de Wrestling

Lutadores de MT faturaram três ouros e dois bronzes em competição nacional

ESPORTE MENTAL | 27/11/2017

Tangará da Serra sediará estadual de Xadrez em dezembro

“A competição mais forte do ano, com velha guarda versus juventude”, diz FMTX

“Os Jogos Escolares reúnem os melhores atletas estudantis de todo país”, diz lutadora | 27/11/2017

Judoca de MT leva bronze no nacional dos Jogos Escolares

ESTRATÉGIA | 27/11/2017

Cuiabana sobe pódio do xadrez no nacional dos Jogos Escolares

“Comecei no xadrez quando tinha oito anos e fui campeã já no primeiro torneio”, diz atleta

FUTEBOL | 23/11/2017

Jogos dos Conselhos fará finais nesta sexta na Arena Pantanal

O público terá entrada gratuita pelo Portão A e B (setor Oeste)

NACIONAL | 21/11/2017

Luta Olímpica de MT fatura dois pódios nos Jogos Escolares

“Me senti muito feliz por trazer esse título para meu estado”, disse Igor Queiroz

WINNER | 20/11/2017

Sinopense supera cuiabano e fatura torneio de tênis de MT

O próximo torneio será na 1ª quinzena de dezembro e já há novidades para o próximo ano

BOLA OVAL | 20/11/2017

Cuiabá Arsenal perde semifinal e se despede do brasileiro

Com data marcada, seletiva abre oportunidade para novos jogadores

Ver Mais
FACEBOOK