Paranatinga, 16 de Julho de 2018

Esportes

Palmeiras recusa oferta chinesa que deixou Dudu balançado

MERCADO DA BOLA | 09/07/2018 11:48:29


Não será a mais nova investida do futebol chinês que irá tirar Dudu do Palmeiras. O clube alviverde, detentor de 100% dos direitos econômicos do atacante, recusou a oferta do Shandong Luneng de aproximadamente 12 milhões de euros (R$ 54 milhões).

 

Esta foi a oferta mais tentadora pelo jogador desde o ano de sua contratação, em 2015. Diante de um salário sedutor, o atleta chegou a ficar balançado com o interesse do clube asiático. O Verdão, contudo, optou por não vendê-lo a fim de manter o planejamento feito no início da temporada, quando renovou o vínculo com o camisa 7.

 

As recentes saídas de Keno e Fernando também pesaram na decisão do clube de Palestra Itália. Caso Dudu fosse negociado, o técnico Roger Machado teria apenas Borja, Deyverson e Willian como opções para o ataque, além do jovem Artur. O colombiano, aliás, foi submetido a uma artroscopia no joelho direito e será desfalque de quatro a seis semanas.

 

Ademais, as vendas de João Pedro (Porto), Tchê Tchê (Dinamo de Kiev) e Daniel Fuzato (Roma), além de Keno e Fernando, abasteceram os cofres do Palmeiras, que ganhou robustez financeira para rejeitar a oferta chinesa por Dudu.

 

No último mês de janeiro, o Palmeiras recusou uma proposta significativa do chinês Changchun Yatai por Dudu e, em março, renovou o contrato do atleta até o fim de 2022. Protagonista dos títulos da Copa do Brasil 2015 e do Campeonato Brasileiro 2016, ele acumula 49 gols em 198 jogos pelo clube.

 

Atualmente, Dudu participa da excursão do Palmeiras pela América Central. Às 14 horas (de Brasília) deste domingo, no último amistoso da viagem, o clube alviverde entra em campo para enfrentar a Liga Alajuelense, em San José, capital da Costa Rica.

 

Fonte: DIA

Rádios

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE