Paranatinga, 17 de Agosto de 2018

Esportes

Imbatível, Nadal vence Thiem, conquista 11º título de Roland Garros e se emociona

TÊNIS INTERNACIONAL | 12/06/2018 11:07:21


Rafael Nadal é mais uma vez campeão de Roland Garros. O espanhol conquistou o 11º título do torneio francês na carreira em sua 24ª final de Grand Slam. Agora já são 17 taças dos quatro maiores torneios do tênis na estante do Touro Miúra. O número 1 do mundo atropelou na final o austríaco Dominic Thiem por 3 sets a 0, parciais 6/4, 6/3 e 6/2. Com direito a presenças ilustres de Zidane e Guga nas arquibancadas de Paris e cãibra na mão no terceiro set, Nadal bateu o próprio recorde e segue mais absoluto que nunca em Roland Garros.

"Impossível acreditar em tudo isso, é mais que um sonho ganhar Roland Garros pela 11ª vez"

- Essa torcida e atmosfera são inigualáveis. Os torcedores da França sabem torcer como poucos. Aguardo todo ano por esse momento. É o melhor torneio do mundo - disse Nadal, tentando conter as lágrimas.

Rafael Nadal alcançou sua 87ª vitória no saibro de Roland Garros. Para Thiem, essa foi a primeira decisão de título Grand Slam da carreira. Nos últimos dois anos, ele havia sido eliminado nas semifinais de Roland Garros. Em dez confrontos entre os tenistas,

 

Nadal acumula agora sete vitórias. O austríaco triunfou em 2016, no Aberto de Buenos Aires, em 2017, no Masters 1000 de Roma, e repetiu o feito no Masters 1000 de Madrid este ano, aliás, foi o único tenista a derrotar Rafael Nadal no saibro em 2018.

No sábado, a romena Simona Halep bateu a americana Sloane Stephens e conquistou seu primeiro título de Grand Slamna carreira para ficar com a taça de Roland Garros na chave feminina. Halep confirmou seu posto de número 1 da WTA.

 

Os 17 Grand Slams de Nadal

  • Roland Garros - 11 títulos (2005/2006/2007/2008/2010/2011/2012/2013/2014/2017/2018)
  • US Open - 3 títulos (2010/2013/2017)
  • Wimbledon - 2 títulos (2008/2010)
  • Aberto da Austrália - 1 título (2009)

 

Impressionante!

Em três anos, apenas o argentino Diego Schwartzman conseguiu vencer um set de Nadal em Roland Garros. Nas quartas de final deste ano, o baixinho venceu o primeiro set (6/4) da partida que terminou 3 sets a 1 para o espanhol. Nadal vinha de 38 sets vencidos na sequência - a última derrota tinha sido em uma parcial pelas quartas de final de 2015, quando foi superado por 3 sets a 0 para Novak Djokovic. Em 2016, o espanhol foi eliminado por W.O após sofrer uma lesão e abandonar o torneio antes de disputar a terceira rodada. Em 2017, ele foi campeão sem ceder sets.

 

Torcida de peso

Na arquibancada de Paris, figuras ilustres estiveram presentes. Ex-técnico do Real Madrid e campeão da Copa do Mundo com a França em 1998, Zidane acompanhou a final de Roland Garros. O cantor Roger Waters, um dos fundadores da lendária banda Pink Floyd, também prestigiou a final. Como não poderia ser diferente, o tricampeão de Roland Garros Gustavo Kuerten até registrou os momentos do jogo em vídeo.

 

O jogo

O primeiro set foi bastante equilibrado, com incrível estabilidade de Nadal e bela atuação de Dominic Thiem. Mas, mais do que tênis, faltou ao austríaco frieza e maturidade para confirmar o saque com parcial 4/5. Simplesmente, Thiem cometeu quatro erros em sequência e praticamente deu ao rei do saibro o primeiro set.

 

No segundo, Nadal mais uma vez começou no saque. Desestabilizado emocionalmente, Thiem não conseguiu manter o mesmo nível na troca de bolas. Logo em seu primeiro serviço, o austríaco foi quebrado pelo espanhol e durante o set não conseguiu reagir, ao contrário do que tinha acontecido no primeiro - 2 sets a zero com parcial 6/3.

 

No set derradeiro, Thiem começou no saque. Mas, já no primeiro game, o austríaco levou sete minutos para confirmar o serviço. Quando ia vencendo por 3 sets a 1, Nadal teve cãibra na mão e precisou receber atendimento. Pois nem com dores o espanhol deu chance para uma reação austríaca. Nadal atropelou o Thiem com 6 a 2 no último set.

O recorde

O recorde de títulos em Roland Garros já era de Nadal antes mesmo da vitória diante de Thiem. Atrás do espanhol está o francês Max Decugis, com oito títulos, antes da Era Aberta - antes de 1968, quando o esporte passou a ser profissional. Da mesma "era" de Nadal, o tenista mais próximo do rei do saibro é Björn Borg, com seis vitórias. Cinco títulos atrás do Espanhol, o sueco tem atualmente 62 anos. Assim, fica difícil alguém parar Nadal. Mas, será que é possível?

Os campeões na Era Nadal

2018Rafael NadalEspanha

2017Rafael NadalEspanha

2016Novak DjokovicSérvia

2015Stan WawrinkaSuíça

2014Rafael NadalEspanha

2013Rafael NadalEspanha

2012Rafael NadalEspanha

2011Rafael NadalEspanha

2010Rafael NadalEspanha

2009Roger FedererSuíça

2008Rafael NadalEspanha

2007Rafael NadalEspanha

2006Rafael NadalEspanha

2005 Rafael NadalEspanha

 

Fonte: DIA

Rádios

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE