Paranatinga, 18 de Abril de 2019

Eleições

RIO DE JANEIRO

Ex-juiz federal Wilson Witzel é eleito governador do Rio de Janeiro

Publicado 28/10/2018 23:50:22


O ex-juiz federal Wilson Witzel (PSC) foi eleito governador do Rio de Janeiro neste domingo. O candidato venceu o adversário, Eduardo Paes (DEM), no segundo turno.

 

Com 96% das urnas apuradas, o novato na política obteve 59,66% frente a 40,34% do rival. Favorecido pela "onda bolsonarista", após o apoio do senador eleito Flávio Bolsonaro (PSC), o estreante liderou toda a corrida no segundo turno, sem efeito da aparente reação do adversário na reta final.

 

Witzel surpreendeu adversários e analistas políticos ao liderar o primeiro turno com 41,28%, frente a 19,56% do rival, que até então despontava na dianteira de sondagens para o Palácio Guanabara. O ex-juiz recebeu mais de 3,1 milhões de votos - o dobro de Paes, escolhido por 1,4 milhão em 7 de outubro.

 

Na manhã deste domingo, o candidato Wilson Witzel foi votar com três filhos e a mulher, Helena Witzel, ao Ginásio Hugo Padula, no Grajaú Country Club, na Zona Norte da capital. Em breve entrevista, o ex-juiz federal lembrou do "sacrifício" da carreira de magistratura para resgatar "a moralidade e a esperança" na política.

 

Ele minimizou o resultado das pesquisas da última semana e reiterou que gostaria de comandar o Rio com Jair Bolsonaro (PSL) na Presidência. O acirramento da disputa pelo governo do Rio levou Witzel e Paes a pedirem ajuda aos céus . Depois de votar, Witzel foi à Igreja de São Judas Tadeu, no Cosme Velho, padroeiro das causas impossíveis e também do Flamengo.

 

Em 2001, quando Witzel ingressou na magistratura, assumiu a 8ª Vara Federal Criminal do Rio como juiz federal substituto. Colegas da magistratura o classificam como um juiz de carreira discreta e atitudes controversas, como a de exigir que as pessoas ficassem de pé quando entrava na sala de audiências. Ao responder sobre como resumiria sua passagem pelo Judiciário, o candidato disse que se considerava um "juiz justo". No início deste ano, Witzel deixou a toga para se lançar ao governo do Rio.

 

Em 2017, quando o ex-juiz federal Wilson Witzel, de 50 anos, nem sequer tinha a candidatura formalizada para concorrer ao cargo de governador do Rio, a planta do Palácio Laranjeiras, residência oficial do governo, já ocupava a mesa de seu apartamento no Grajaú, na Zona Norte. Marcados com uma caneta, estavam os quartos que Witzel escolheu para os três filhos menores, Vicenzo, Beatriz e Bárbara, do atual casamento.

 

Parentes não estranharam a atitude, pois a determinação é uma característica que Witzel carrega desde a infância em Jundiaí, cidade paulista onde nasceu e viveu até os 19 anos. No entanto, ao tirar o sonho do papel, chegou a ser visto como excêntrico e megalomaníaco pela política tradicional fluminense.

 

Antes de se candidatar, em 2015, o ex-juiz procurou o ex-governador Sérgio Cabral, condenado por corrupção e lavagem de dinheiro, em seu escritório no Leblon para ajudar a ingressá-lo neste mundo, contou uma fonte ao GLOBO. Cabral o colocou em contato com o ex-presidente da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) Jorge Picciani. Quando Witzel deixou o local, o ex-governador comentou com os presentes na sala:

 

— Este cara é maluco.

 

Em fevereiro deste ano, mais um episódio. Um mês antes de pedir a exoneração da Justiça Federal para candidatar-se pelo PSC, o desconhecido Witzel esteve com o governador Luiz Fernando Pezão (MDB), num encontro no Palácio Guanabara. Na ocasião, Witzel, que pediu a reunião, disse que tinha a convicção de ser eleito.

 

Esta certeza, segundo ele, vinha de pesquisas encomendadas que apontavam a preferência do eleitor para o perfil de um candidato como ele, um ‘outsider’. Surpreso, Pezão brincou e disse que sonhava, na próxima encarnação, nascer juiz:

 

—E o senhor quer justamente virar político? — ironizou o governador.

 

Fonte: Globo

Publicidade Áudio

Enquete

Prefeitura e Câmara de Paranatinga lança Consulta Pública - UNEMAT

ADMINISTRAÇÃO

AGRONOMIA

PEDAGOGIA

TURISMO

CIENCIA DA COMPUTAÇÃO

CIÊNCIAS ECONÔMICAS

ENGENHARIA CIVIL

ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

ENGENHARIA ELÉTRICA

FISICA

JORNALISMO

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

ARQUITETURA E URBANISMO

CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

EDUCAÇÃO FÍSICA

ENGENHARIA DE ALIMENTOS AGROINDUSTRIAL

ENGENHARIA FLORESTAL

GEOGRAFIA

LETRAS

QUIMICA

SOCIOLOGIA

ZOOTECNIA

AGROECOLOGIA

ARTES VISUAIS

CIÊNCIAS

ENFERMAGEM

FILOSOFIA

HISTÓRIA

MATEMÁTICA

SISTEMAS

TEATRO

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE