Paranatinga, 25 de Junho de 2018

Eleições

Deputado diz que Taques deverá ter 10 partidos em seu palanque

ARCO DE ALIANÇA | 20/05/2018 21:54:30


Ex-chefe da Casa Civil, o deputado estadual Max Russi (PSB) disse acreditar que o arco de aliança para reeleição do governador Pedro Taques (PSDB) supere 10 partidos.

 

Apesar de afirmar que, por ora, nenhuma sigla está garantida na coligação tucana, Max disse que o governador terá uma base considerável caso dispute o pleito eleitoral deste ano.

  

“Nenhum partido está assegurado na aliança, porque ainda não teve convenção. Até lá muita coisa pode mudar. Quem vai definir são as convencionais. Então, todos os partidos terão um número de convencionais que vão votar qual a coligação melhor. Hoje, temos tendências. Fechamento ainda não”, afirmou em conversa com a imprensa, nesta semana.

  

Até o momento, o governador já conta com o apoio do PSDB, PSB, PPS, SD, PV, PROS, PRTB, PTdoB.

 

 

É difícil falar, mas acho que o governador vai ter até 10 partidos, pelo o que a gente conversa. Essa é a tendência

Segundo o deputado, as articulações estão sendo realizadas pelo secretário de Governo, Domingos Sávio.

 

“É difícil falar, mas acho que o governador vai ter até 10 partidos, pelo o que a gente conversa. Essa é a tendência. O Domingos Sávio é quem está conduzindo isso. E é o que ele diz. São 10 partidos alinhados”, disse.

 

Quando falou com a reportagem, o ex-secretário afirmou, ainda, esperar que o Progressistas, do deputado federal Ezequiel Fonseca, estivesse no grupo. Na última semana, o presidente municipal do partido, Demílson Nogueira, foi nomeado para a presidência do Instituto de Terras do Estado de Mato Grosso (Intermat).

 

Apesar disso, o presidente estadual do partido, deputado federal Ezequiel Fonseca, convocou para esta segunda-feira (21) uma entrevista coletiva em que vai anunciar  a decisão do da sigla de ser oposição ao governador.

 

 

Fonte: Midia News

Rádios

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE