Paranatinga, 10 de Dezembro de 2018

Eleições

Com possível desistência de Mendes, Fávaro surge como alternativa ao Governo

Governo | 07/04/2018 11:33:50


O Democratas já está pensando em um ‘plano B’ caso se confirme a tendência de o ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (DEM), realmente desistir de disputar a candidatura ao Governo em outubro. Conforme apurou a reportagem do Olhar Direto, Mendes estaria receoso de o pleito voltar a trazer problemas à suas empresas. O ex-vice-governador Carlos Fávaro (PSD), que até o momento se coloca como candidato ao Senado, seria a segunda via do partido. Ele está conversando com interlocutores e deve anunciar a mudança de planos nos próximos dias.

Na última quinta-feira (05), Fávaro entregou uma carta de renúncia ao presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (DEM), e afirmou em coletiva de imprensa que não concordava com a ideia de trabalhar por sua candidatura e ao mesmo tempo manter estrutura do atual cargo e receber salário do Estado.

O ex-vice-governador tem reiterado seu desejo de ser candidato ao Senado, no entanto, fontes ligadas ao seu partido afirmam que as conversas para que ele dispute o Paiaguás estão ocorrendo, principalmente por conta da possibilidade de Mauro Mendes desistir de ser candidato, como vem sendo ventilado.

Fávaro tem sido visto com frequência em eventos de partidos da oposição, inclusive vem defendendo “independência” do Governo. Na carta entregue ao governador, na qual colocava à disposição do Governo os cargos do PSD, o ex-vice-governador colocou em dúvida se Taques é ou não “o melhor” para o desenvolvimento de Mato Grosso.

“O PSD aprovou que adotar, a partir de agora, uma postura de independência ao governo estadual, para que possa conversar com todos os partidos e definir o melhor para Mato Grosso”, observou Fávaro, em trecho da nota, protocolizada direto com a secretária Maria Henriqueta de Oliveira, do Gabinete do governador.

 

Fonte: Olhar Direto

Veja Também

Ver Mais

Publicidade Áudio

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE