Paranatinga, 20 de Novembro de 2017

Ecônomia

Motoristas seguem com protestos na BR-364 pelo segundo dia e cobram reajuste no preço do frete

SEGUE BLOQUEIO | 14/01/2017 21:22:27


Ainda sem uma definição quanto às solicitações, motoristas e empresários mantêm interdições na BR-364, na região de Rondonópolis, neste sábado (14). A reivindicação é quanto a um aumento no valor do frete pago para o transporte de cargas a granel. O protesto em Mato Grosso iniciou-se na última sexta-feira, 13.

Ao Agro Olhar a Polícia Rodoviária Federal (PRF) confirmou que os motoristas permitem a passagem dos veículos que transportam cargas perecíveis, assim como de ônibus e ambulâncias. O protesto é ordeiro e não há nenhum registro de incidentes. 

Em recente entrevista ao Agro,  o empresário e um dos representantes do movimento Gilson Baitaca afirmou que até o momento não houve nenhum posicionamento por parte das tradings e por isso avalia-se que o protesto seja ampliado. 
A iniciativa tem como objetivo chamar à atenção das tradings e da Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove) que representa todas as tradings que operam, industrializam e comercializam em Mato Grosso para debater o valor praticado. 

A estimativa dos motoristas é de que cerca de 50% do custo do transporte de cargas é com combustível. 

(Com Viviane Petroli) â€‹

Fonte: Agro Olhar

FACEBOOK