Paranatinga, 20 de Novembro de 2019

Cidades

Suspeitos fogem de abordagem, invadem contramão e batem contra carro de sargento que morre

Publicado 04/09/2015


Foto: Ripa nos Malandros

Suspeitos fogem de abordagem, invadem contramão e batem contra carro de sargento que morre
A tentativa de fuga a uma abordagem policial  terminou com a morte do sargento Ataul Cautelan,38 anos, que integrava a Força Tática da Polícia Militar na cidade de Cáceres (a 250 km de Cuiabá), que foi palco da tragédia.   A colisão foi registrada por volta das 23h, de quinta-feira, 3 de setembro.

O carro Space Fox em que o militar estava juntamente com a professora S.B. foi atingido na contramão  por um Voyage que trafegava em alta velocidade pela área central da cidade. A bordo do Voyage estavam três homens. 
 
Segundo testemunhas, policiais foram acionados para que apurassem homens suspeitos de furto que estavam rondando as imediações da Faculdade do Pantanal. Uma equipe se deslocou até a região e constatou havia três pessoas no interior de um veículo Voyage, prata, em atitude estranha pela região. Ao se depararem com o veículo, a PM determinou que o condutor parasse. Ele não obedeceu à  ordem e saiu em alta velocidade pela cidade sendo perseguido pela viatura.  
 
Os ocupantes do carro  não respeitaram a sinalização de trânsito e entraram na contramão da via Seis de Outubro. Eles atingiram frontalmente o carro conduzido pela professora que seguia normalmente pela pista. O impacto foi tamanho que o automóvel foi arremessado para o pátio de um posto de combustíveis e destroços ficaram espalhados pela via.
 





























 
As vítimas do acidente foram encaminhadas ao Pronto-Socorro da cidade, mas o policial militar (na foto acima) não resistiu aos ferimentos e morreu. A professora que dirigia o carro segue internada com diversas fraturas.
  
No local do acidente, os policiais militares prendera José Corbelino.  Outro suspeito, Jorge terminou sendo detido em um apartamento horas depois com cerca de 150 gramas de cocaína.  Um terceiro ocupante do Voyage, Hugo Corbelino, que esta usando tornozeleira eletrônica, permanece hospitalizado.  

“Estamos estarrecidos. Que  dor para todos que tiveram a honra de trabalhar com o sargento Catelan e o tinham como amigo. Trabalhei com ele por três plantões e só Deus para confortar os amigos e familiares”, contou o servidor público Max Campos, que atua no Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso e atua em fiscalizações na região de fronteira.
olhardireto

Publicidade Áudio

Enquete

Oque você mais deseja para o ano de 2020?

ALEGRIA

PAZ

FELICIDADE

PROSPERIDADE

SAÚDE

HUMANIDADE

RESPEITO

AMOR

DIGNIDADE

COMPAIXÃO

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE