Paranatinga, 18 de Outubro de 2018

Cidades

ONG pede cassação de deputado federal de MT filmado recebendo dinheiro de Silval

QUEBRA DE DECORO | 09/03/2018 21:10:07


O Movimento Organizado pela Moralidade Pública e Cidadania (ONG Moral) protocolou na presidência da Câmara dos Deputados, em Brasília, um pedido para que seja instaurado um processo disciplinar contra o deputado federal Ezequiel Fonseca (PP), junto ao Conselho de Ética e Decoro Parlamentar.

O motivo, segundo a organização, seria a quebra de decoro parlamentar, que teria sido cometida pelo deputado. A ONG Moral anexou ao pedido a delação premiada do ex-governador Silval Barbosa, que apontou que Ezequiel teria recebido propinas relativas ao MT Integrado e um suposto mensalinho, existente na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (AL-MT), enquanto ele ainda era deputado estadual.

A ONG Moral também aponta o caso onde o deputado federal é investigado pela Polícia Federal, acusado de ter utilizado notas fiscais falsas para receber verba indenizatória ou suprimento de fundos da Assembleia Legislativa. No pedido, a organização pede a cassação do mandato do deputado pelos crimes que Ezequiel Fonseca supostamente teria cometido.

Ezequiel Fonseca foi citado pelo ex-governador Silval Barbosa em sua delação, como beneficiário de uma propina que seria proveniente de recursos do MT Integrado, quando ainda era deputado estadual. Ele inclusive está entre os políticos gravados em vídeo pelo ex-chefe de gabinete de Silval, Silvio Cezar Correa, recebendo dinheiro.

Recentemente, Ezequiel afirmou que o dinheiro seria de uma dívida que o ex-governador teria com ele. “Ele terá que provar tudo isso mostrando que esse dinheiro é de mensalinho, como ele falou. Não era propina. O Silval tinha contas a pagar. Acho que mesmo ele como governador, não o isenta de pagar contas”, disse o deputado federal.

Segundo Silval, os parlamentares o ameaçavam em não aprovar projetos do Governo na Assembleia Legislativa. “Ele terá que continuar se afirmando, caso contrário ficará ruim para ele. Vai falar por muitas vezes isso até porque um processo não termina assim de uma hora para a outra. Silval vai falar, da forma que ele entende, e nós vamos procurar juridicamente nos defender”, completou.

DEPUTADOS ESTADUAIS

A ONG Moral já havia pedido a cassação dos deputados estaduais citados na delação do ex-governador. No entanto, os pedidos não avançaram na Comissão de Ética da Assembleia Legislativa.

 

Fonte: FOLHA MAX

Rádios

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE