Paranatinga, 24 de Janeiro de 2019

Cidades

FOGO

MT tem 128 resgatados em situação análoga à escravidão neste ano e é o 3º do ranking

Publicado 19/10/2018 13:50:16


 

 

Fiscalizações do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) resgataram 128 trabalhadores em situação de trabalho escravo em Mato Grosso, entre janeiro e primeira quinzena deste mês. Foram 50 casos a mais que nos 12 meses de 2017.

 

Os principais casos de trabalho escravo registrados neste ano foram em áreas de pecuária, cultivo de café e plantio florestal.

 

Com esse número, Mato Grosso é o 3º no ranking de trabalhadores resgatados nesse período no país. Em primeiro está Minas Gerais, com 754 resgatados, e em segundo o Pará, com 129.

No ano passado, o estado liderou o ranking, com 78 casos registrados.

 

De acordo com o MTE, 1.246 pessoas foram encontrados nessa situação em todo Brasil.

 

Conforme a Secretaria de Inspeção do Trabalho, mais de 4,3 milhões foram pagos de indenização aos trabalhadores resgatados.

 

Os municípios com mais atos de infração lavrados foram Nova Bandeirantes, com 19, seguido de Feliz Natal, 16, e Várzea Grande, 10.

 

Em todo país, a maioria dos trabahadores encontrados em situação de degradante a região urbana foi onde os fiscais mais encontraram trabalhadores em situações degradantes, sendo 869. Já em área rural foram 377 casos registrados.

 

Fonte: G1

Publicidade Áudio

Enquete

Qual obra é mais importante para Paranatinga em 2019.

SAÚDE

PRAÇA CENTRAL

ASFALTO

ILUMINAÇÃO

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE