Paranatinga, 19 de Maio de 2019

Cidades

1º DIA DE TRABALHO

Grupo acusado de matar rapaz a facadas é transferido para cadeia

Publicado 06/03/2019 13:53:29


NAYANA BRICAT 
TVCA

Os quatro colegas presos suspeitos de matar o jovem Gabriel Rodrigues do Nascimento, de 20 anos, que estava desaparecido e foi encontrado morto uma fazenda no Distrito de Deciolândia, em Diamantino, a 209 km de Cuiabá, foram transferidos.

 

Gabriel foi morto com aproximadamente 12 facadas no pescoço. O crime ocorreu no dia 23 de fevereiro e o corpo do jovem foi encontrado no dia 26.

 

Ele trabalhava como classificador de grãos de uma empresa multinacional em uma propriedade rural e estava no primeiro dia de trabalho em um armazém de grãos.

 

Os colegas estavam presos há uma semana no Centro de Detenção Provisória (CDP) em Tangará da Serra, a 242 km de Cuiabá, e foram levados para a Cadeia Pública de Diamantino.

 

De acordo com a Polícia Civil, no dia do crime, os funcionários decidiram fazer um churrasco depois do dia de trabalho.

 

Os funcionários ingeriram bebidas alcoólicas e se desentenderam durante o jantar. Gabriel foi morto a facadas pelos colegas e teve o corpo jogado em uma plantação de eucalipto.

 

 

O corpo estava a cerca de 200 metros do armazém onde ele trabalhava.

 

À polícia os suspeitos contaram que houve uma discussão e, em seguida, eles mataram Gabriel a facadas.

 

Para justificar o crime, um deles contou que Gabriel estaria armado, mas os outros suspeitos não confirmam essa versão.

 

A polícia não acredita na história, tanto é que não encontrou a suposta arma.

 

 

Publicidade Áudio

Enquete

Você acredita que governo de MT retomará obras de asfalto da MT 130 em 2019 atá a Sete Placas?

SIM

NÃO

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE