Paranatinga, 18 de Setembro de 2018

Cidades

Faculdade Indígena retoma atividades em julho

EDUCAÇAO | 14/04/2018 12:02:53


Indígenas de 23 etnias de Mato Grosso e estudantes da Faculdade Intercultural Indígena da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) realizarão a eta­pa de estu­dos pre­sen­ci­ais em julho deste ano.

 

A informação foi confirmada nesta quinta-feira (12), durante reunião realizada entre a reitora da Unemat, Ana Maria Di Renzo, e a Secretária de Estado de Educação, Marioneide Kliemaschewsk.

 

Um novo plano de trabalho, definido entre Unemat e Seduc, garante a regularidade no desenvolvimento das atividades previstas no curso. O Termo de Cooperação entre Unemat e Seduc atende a 120 alunos indígenas dos cursos de Licenciatura Intercultural Indígena e Pedagogia Intercultural Indígena, que ingressaram na Faculdade em 2016.

 

Os cursos indígenas, com estrutura diferenciada, são divididos em etapa de estudos presenciais e etapas intermediárias. As aulas são realizadas no câmpus da Unemat em Barra do Bugres, durante o período de férias escolares dos professores indígenas.

 

 

Já nos períodos intermediários, os acadêmicos desenvolvem etapas nas escolas localizadas nas próprias aldeias, com a supervisão de profissionais da Unemat.

 

A reitora da Unemat, Ana Di Renzo, reforçou que é sempre muito gratificante poder trabalhar essa política indigenista.

 

“Todos os parceiros são importantes na construção e condução da política de formação de professores indígenas em Mato Grosso e a Unemat não tem medido esforço para atender essa demanda oriunda dos povos indígena do estado”, afirmou.

 

Faculdade Indígena

 

Mais de 450 educadores indígenas já concluíram curso superior por meio da Faculdade Intercultural Indígena da Unemat.

 

“Ter uma política de formação de professores e profissionais indígenas na Unemat faz toda a instituição sair ganhando, pois é através do diálogo com as comunidades indígenas que vamos aprendendo como fazer uma Educação Superior Indígena específica e diferenciada a partir da escuta”, disse o diretor da Faindi, professor Adailton Alves de Silva.

 

Resultado de uma parceria entre a Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc-MT) e a Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), o projeto também conta com o apoio do Plano Nacional de Professores (Parfor) do Governo Federal.

 

 

Participaram da reunião, além dos citados, a Secretária de Estado de Educação, Esporte e Lazer, Marioneide Kliemaschewesk, a pró-reitora de Ensino de Graduação da Unemat (Proeg), Vera Maquêa, e o Pró-reitor de Gestão Financeira (PGF), Alexandre Gonçalves Porto.

 

Fonte: Mídia News

Rádios

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE