Paranatinga, 22 de Março de 2019

Cidades

FAMOSO NAS REDES

DJ preso por tráfico de drogas tem mais de 48 mil seguidores

Publicado 01/03/2019 14:18:41


Polícia Civil de MT

 

DJ que se apresentava em casas de show famosas em Cuiabá foi preso nesta quinta-feira (28)

BRUNA BARBOSA 
DA REDAÇÃO

Preso por suspeita de tráfico de drogas nessa quinta-feira (28), o Dj Patricke Noro de Castro, de 33 anos, é "famoso" no Instagram, onde acumula mais de 48 mil seguidores.

 

Na rede social, o músico costumava postar fotos e sua agenda de shows, que incluía nomes de casas de show famosas em Cuiabá e festivais de música eletrônica sediados na Capital.

 

O DJ e um homem identificado como Diego de Lima Datto, de 34, foram presos na manhã desta quinta-feira (28), suspeitos de traficarem drogas sintéticas.

 

De acordo com informações da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) - que realizou a operação -, os dois foram flagrados com 113 comprimidos de ecstasy, LSD, anabolizantes e remédios abortivos. 

 

Na última publicação de Patricke, feita no domingo (24), o DJ aparece tocando em uma das festas realizadas em uma boate no Centro de Cuiabá. As fotos e vídeos do músico costumam ter cerca de mil curtidas.

 

No dia 2 de março, o DJ seria uma das atrações em um evento realizado em Barra do Garças (a 516 km de Cuiabá).

Polícia Civil de MT

 

Drogas sintéticas e anabolizantes foram apreendidos pela Polícia Civil

 

Entenda o caso

 

Patrike foi preso em sua casa, no Residencial Monte Libano. Já Diego foi preso no apartamento dele, no Bairro Araés. Ambos alegaram à polícia que a droga encontrada com eles seria para uso pessoal.

 

Nas casas de Patricke e Diego, a Polícia Civil apreendeu ainda dinheiro, relógios, seringas, máquinas de cartão de crédito e rádios de comunicação, além de equipamentos de música.

 

Dois veículos - um Mitsubishi Lancer e um Honda Civic - também foram apreendidos por conterem resquícios de drogas.

 

O irmão de Diego, identificado pelas iniciais T.L.D., também foi detido na operação, mas foi liberado após assinar um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por posse de entorpecentes.

 

A Polícia encontrou duas ampolas de anabolizantes dentro de seu quarto e ele alegou ser usuário.

 

Segundo o delegado da DRE, houve uma denúncia anônima informando que os suspeitos portavam uma grande quantidade de drogas, que seriam comercializadas no Carnaval.

 

Os dois foram autuados por tráfico e associação ao tráfico, segundo o delegado.

 

 

Fonte: midianews

Publicidade Áudio

Enquete

Até o momento qual a sua avaliação sobre a gestão de Mauro Mendes?

ÓTIMA

BOA

RUIM

PÉSSIMA

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE