Paranatinga, 25 de Abril de 2019

Cidades

Sachetti

Atento a cassação de Selma, Sachetti diz que PRB mantém interesse e que irá disputar vaga

Publicado 14/04/2019 23:13:05


Atento ao processo que envolve a cassação da senadora Selma Arruda (PSL), o ex-deputado federal Adilton Sachetti (PRB) afirmou que seu partido já se movimenta para uma possível nova eleição, assim como a sua candidatura para o Senado.

Presidente do PRB em Mato Grosso, Schetti, que já foi prefeito de Rondonópolis, preferiu não comentar a decisão unânime do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT), em cassar o mandato da juíza aposentada, mas garantiu que mantém o plano de representar o Estado no Senado.

“Estamos aguardando o desfecho desta questão jurídica e nem quero entrar neste mérito. Mas o PRB está preparado e estou pronto para disputar a vaga, caso exista uma nova eleição”, confirmou o ex-parlamentar em entrevista ao Olhar Direto.

Na eleição de outubro do ano passado, Sachetti ficou em quarto lugar entre onze candidatos, conquistando mais de 333 mil votos em todo o Estado. Em Rondonópolis, seu principal reduto eleitoral, o candidato teve mais de 60 mil votos.

Em julgamento realizado nesta quarta-feira (10), o Pleno do TRE cassou o mandato da senadora Selma Arruda e seus suplentes por não informarem a Justiça Eleitoral despesas de R$ 1,2 milhão na campanha de 2018, configurando caixa dois e abuso de poder econômico. O desembargador Pedro Sakamoto também deterinou nova eleição para o cargo.

Em nota encaminhada a imprensa, a senadora afirmou estar tranqüila quanto a decisão do TRE e que pretende recorrer as instâncias superiores para provar que é inocente e que os seus quase 700 mil votos sejam respeitados.

“Estou tranquila com a decisão proferida nesta quarta-feira pelo Tribunal Regional Eleitoral. A tranquilidade que tenho é com a consciência dos meus atos, a retidão que tive em toda a minha vida e que não seria diferente na minha campanha e trajetória política. Respeito a Justiça e, exatamente por esse motivo, vou recorrer às instâncias superiores, para provar a minha boa fé e garantir que os 678.542 votos que recebi da população mato-grossense sejam respeitados”, afirmou a senadora.

 

Fonte: olhardireto

Publicidade Áudio

Enquete

Prefeitura e Câmara de Paranatinga lança Consulta Pública - UNEMAT

ADMINISTRAÇÃO

AGRONOMIA

PEDAGOGIA

TURISMO

CIENCIA DA COMPUTAÇÃO

CIÊNCIAS ECONÔMICAS

ENGENHARIA CIVIL

ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

ENGENHARIA ELÉTRICA

FISICA

JORNALISMO

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

ARQUITETURA E URBANISMO

CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

EDUCAÇÃO FÍSICA

ENGENHARIA DE ALIMENTOS AGROINDUSTRIAL

ENGENHARIA FLORESTAL

GEOGRAFIA

LETRAS

QUIMICA

SOCIOLOGIA

ZOOTECNIA

AGROECOLOGIA

ARTES VISUAIS

CIÊNCIAS

ENFERMAGEM

FILOSOFIA

HISTÓRIA

MATEMÁTICA

SISTEMAS

TEATRO

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE