Paranatinga, 23 de Julho de 2019

Cidades

Sachetti

Atento a cassação de Selma, Sachetti diz que PRB mantém interesse e que irá disputar vaga

Publicado 14/04/2019 23:13:05


Atento ao processo que envolve a cassação da senadora Selma Arruda (PSL), o ex-deputado federal Adilton Sachetti (PRB) afirmou que seu partido já se movimenta para uma possível nova eleição, assim como a sua candidatura para o Senado.

Presidente do PRB em Mato Grosso, Schetti, que já foi prefeito de Rondonópolis, preferiu não comentar a decisão unânime do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT), em cassar o mandato da juíza aposentada, mas garantiu que mantém o plano de representar o Estado no Senado.

“Estamos aguardando o desfecho desta questão jurídica e nem quero entrar neste mérito. Mas o PRB está preparado e estou pronto para disputar a vaga, caso exista uma nova eleição”, confirmou o ex-parlamentar em entrevista ao Olhar Direto.

Na eleição de outubro do ano passado, Sachetti ficou em quarto lugar entre onze candidatos, conquistando mais de 333 mil votos em todo o Estado. Em Rondonópolis, seu principal reduto eleitoral, o candidato teve mais de 60 mil votos.

Em julgamento realizado nesta quarta-feira (10), o Pleno do TRE cassou o mandato da senadora Selma Arruda e seus suplentes por não informarem a Justiça Eleitoral despesas de R$ 1,2 milhão na campanha de 2018, configurando caixa dois e abuso de poder econômico. O desembargador Pedro Sakamoto também deterinou nova eleição para o cargo.

Em nota encaminhada a imprensa, a senadora afirmou estar tranqüila quanto a decisão do TRE e que pretende recorrer as instâncias superiores para provar que é inocente e que os seus quase 700 mil votos sejam respeitados.

“Estou tranquila com a decisão proferida nesta quarta-feira pelo Tribunal Regional Eleitoral. A tranquilidade que tenho é com a consciência dos meus atos, a retidão que tive em toda a minha vida e que não seria diferente na minha campanha e trajetória política. Respeito a Justiça e, exatamente por esse motivo, vou recorrer às instâncias superiores, para provar a minha boa fé e garantir que os 678.542 votos que recebi da população mato-grossense sejam respeitados”, afirmou a senadora.

 

Fonte: olhardireto

Publicidade Áudio

Enquete

Após iluminação pública, qual investimento será mais importante a Paranatinga

ASFALTO

PRAÇAS PÚBLICAS

SINALIZAÇÃO DE TRÂNSITO

SAÚDE PÚBLICA

EDUCAÇÃO

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE