Paranatinga, 20 de Julho de 2018

Cidades

Aprovar contas de Taques é vergonha; TCE deveria ser extinto

OPOSIÇÃO ATACA | 21/06/2018 11:17:35


O deputado estadual Zeca Viana (PDT) classificou como “vergonhoso” o fato de o Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT) ter emitido parecer favorável à aprovação das contas anuais de Governo referentes ao exercício de 2017, sob o comando do governador Pedro Taques (PSDB).

 

O parlamentar lançou suspeitas sobre a decisão e disse que a Corte deveria ser extinta.

 

“A aprovação dessas contas é uma vergonha. Eu acho que esse Tribunal de Contas deveria ser extinto. Estou guardando todas as falhas do governador, esses crimes que ele comete, e vou distribuir para todos os prefeitos do Estado. Quero ver esse Tribunal ter moral para rejeitar qualquer conta de prefeito”, disse em conversa com a imprensa na manhã de quarta-feira (20).

 

“Com todos esses erros graves, eles aprovarem essas contas por unanimidade. Será que não tinha nenhum aloprado como eu lá dentro para dizer que isso está errado? Que não poderia aprovar? Unanimidade é burra. Tem cheiro de maracutaia esse negócio”, completou.

 

 

Com todos esses erros graves, eles aprovarem essas contas por unanimidade. Será que não tinha nenhum aloprado como eu lá dentro para dizer que isso está errado

O deputado, que faz oposição à gestão tucana, disse que o TCE deu aval para que Taques continue a praticar as irregularidades encontradas nas contas.

 

Entre os erros encontrados nas contas de 2017, e também nas de 2016, estão os atrasos no pagamento de duodécimos, no repasse aos municípios, aumento de gastos com folha de pagamento e aumento da concessão de benefícios fiscais.

 

Ao todo, foram encontradas 17 irregularidades e foram feitas 44 recomendações.

 

“Os mesmos erros que ele [Taques] cometeu em 2016, também cometeu em 2017. É por isso que está essa lambança e por isso que tem político corrupto, porque as instituições não são fortes”, disse.

 

Votação na Assembleia

 

Zeca ainda disse acreditar que o mesmo resultado vá ocorrer na Assembleia.

 

Disse que o governador tem ampla maioria de aliados e que, mesmo com os erros, as contas serão aprovadas.

 

“Vai esperar o quê da Assembleia com esse bando de puxa-saco que ele tem aqui dentro? Se tivéssemos uma Assembleia forte e independente, que realmente representasse os mato-grossense, não estaria esse desgoverno, essa lambança”, completou.

 

 

Fonte: Midia News

Rádios

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE