Paranatinga, 14 de Novembro de 2018

Cidades

Aeronave cai e piloto desaparece em MT

ACIDENTE E MISTÉRIO | 05/11/2018 11:27:33


Uma aeronave agrícola modelo Neiva EMB-201, matrícula PT-GSH, caiu em uma região de floresta no município de Peixoto de Azevedo (a 696 km de Cuiabá), nesse sábado (3).

 

O piloto da aeronave, Maicon Semencio Esteves, de 27 anos, está desaparecido. Segundo a Polícia Militar, acredita-se que ele tenha pulado da aeronave antes da queda, pois não há vestígios de sangue no local.

 

De acordo com o tenente-coronel da PM Gildásio Alves da Silva, lavradores que estavam no local acionaram a Corporação para realizar as buscas.

 

“Dois lavradores que estavam trabalhando na fazenda da região viram a aeronave voar baixo e depois cair. Eles fizeram uma ‘picada’ à procura da aeronave por cerca de 1h30 e encontraram o avião em chamas, mas não localizaram o piloto”, contou o tenente-coronel ao MidiaNews

 

No domingo (4), os trabalhadores comunicaram à Polícia Militar que fizeram buscas em um raio de cerca de 300 metros do acidente. No entanto, conforme explicou o tenente-coronel, o local é de mata fechada e há risco de presença de onças na área. 

 

“O que presumimos é que ele tenha saído logo após ter caído ou pulou antes da queda. Por isso, ele pode estar em um perímetro maior de onde a busca foi feita”, disse.

 

“As buscas continuam hoje, mas estamos trabalhando com cautela devido ao risco de onça e de a mata ser muito fechada”, afirmou.

 

Oito homens da Polícia Militar e outros quatro militares do Corpo de Bombeiros participam das buscas, além de familiares da vítima.

 

Ainda não se sabe de onde o avião agrícola saiu e qual era o seu destino.  

 

Seripa investiga

 

Uma equipe de investigadores do Sexto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa VI) da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) foi encaminhada ao local para iniciar o processo de investigação do acidente. No entanto, eles devem chegar ao local apenas na manhã de terça-feira (6).

 

Conforme o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), a ação inicial é o começo do processo de investigação e possui o objetivo de coletar dados como fotos da cena, retirar partes da aeronave para análise, reunir documentos e ouvir relatos de pessoas que possam ter observado a sequência de eventos.

 

Em nota encaminhada à imprensa, a Força Aérea Brasileira (FAB) informou que a investigação tem o objetivo de prevenir que novos acidentes com as mesmas características ocorram. "A conclusão de qualquer investigação conduzida pelo Cenipa terá o menor prazo possível, dependendo sempre da complexidade do acidente”, diz trecho da nota.

Fonte: Mídia News

Rádios

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE