Paranatinga, 20 de Novembro de 2017

Brasil

Tendência é Temer manter Blairo Maggi na Agricultura

COLUNISTA AFIRMA | 27/08/2017 23:28:09


A menos que venha à tona um fato novo que seja contundente contra o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, a tendência do presidente Michel Temer é a de mantê-lo na Esplanada dos Ministérios. Blairo foi acusado de ser o comandante do esquema de corrupção que está sendo desvendado no Mato Grosso, a partir da delação premiada do ex-governador mato-grossense Silval Barbosa.

 

Temer vai conversar com o ministro da Agricultura nesta segunda-feira (28), depois de intenso noticiário sobre corrupção no Mato Grosso. Maggi participa de um feira de agronegócio na região metropolitana de Porto Alegre, a Expointer, e não foi instado por Temer a antecipar sua volta a Brasília para se explicar sobre as denúncias.

 

Nos últimos dias, a TV Globo e a Globonews exibiram imagens de Silval Barbosa distribuindo maços de dinheiro a políticos de vários partidos. As imagens foram feitas pelo próprio Silval, que citou o nome do hoje ministro da Agricultura, Blairo Maggi, ex-governador de Mato Grosso. Até aqui, na delação de Silval, não apareceram imagens do titular da Agricultura.

 

Segundo assessores do Palácio do Planalto, muitas delações têm sido feitas sem a comprovação do que acusam e, neste caso, estaria a situação do ministro da Agricultura.

 

É fato, também, que se pedir o cargo a Blairo Maggi, Temer estará fixando um padrão de comportamento em relação a denúncias contra auxiliares que ele teria de repetir para outros ministros que já foram ou poderão ser citados em denúncias. Isso poderia atingir quase uma dezena de ministros, uma vez que, pelo menos, seis estão sendo investigados na Lava Jato.

Fonte: G1

FACEBOOK