Paranatinga, 14 de Dezembro de 2017

Brasil

Prefeitos de Mato Grosso protestam no gramado de Congresso Nacional

EM BRASÍLIA | 22/11/2017 20:26:32


Prefeitos filiados a Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM) participaram nesta quarta-feira (22) dos debates e da passeata da mobilização nacional promovida pela Confederação Nacional dos Municípios (CNN) nos arredores do Congresso Nacional em Brasília (DF), onde as lideranças e os gestores municipais reivindicaram o auxílio financeiro de R$ 4 bilhões que devem ser dividido até o fim deste ano para todas as prefeituras.

Após os debates, um grupo com cerca de mil prefeitos se concentraram em frente ao Congresso Nacional usando um barco inflável simbolizando a campanha “Não deixe os municípios afundarem”.

O presidente da AMM, Neurilan Fraga, enalteceu a CNM pela organização do movimento e principalmente a participação dos prefeitos de Mato Grosso no movimento. Ele destacou que a crise nos municípios estão se agravando a cada dia e comprometendo o atendimento à população. ”Lembramos que o cidadão vive no município e é o prefeito que ele procura para receber os serviços de qualidade, no momento que mais precisa”, assinalou.

O presidente da CNM, Paulo Zilkoski pontuou que os gestores estão com a corda no pescoço e esperam que o governo federal libere os cerca de RR 4 bilhões, como auxílio financeiro, o que ajudaria muito os municípios neste momento. "A nossa situação está representada naquele barco. Não podemos deixar os municípios afundarem", disse.

No encontro, Neurilan novamente pediu apoio dos parlamentares na votação dos projetos de interesse dos municípios, que tramitam no Congresso Nacional. Ele ressaltou que o momento é decisório para a retomada da discussão sobre a mudança no Pacto Federativo. “A revisão do famigerado Pacto é muito lembrada em época de eleição, mas com pouco avanço dentro do Congresso Nacional”, finalizou.

 

Fonte: Olhar Direto

FACEBOOK