Paranatinga, 22 de Maio de 2019

Brasil

Fenômenos

Fenômenos estranhos assombram depoimento de João de Deus à polícia

Publicado 19/12/2018 11:10:45


 

O depoimento do médium João de Deus à Delegacia de Estado de Investigação Criminal (Deic), nesse domingo (17/12), não chamou a atenção apenas pelas negativas do acusado de cometer centenas de abusos sexuais. Fatos que isoladamente poderiam ser considerados como casuais foram tomados com certo assombro por alguns dos presentes, conforme relatado por policiais ao Metrópoles.

O primeiro susto foi o acidente do escrivão que seria responsável por transcrever o depoimento do líder espiritual. Ele caiu de moto momentos antes da oitiva e teve o braço fraturado. Ele estava a caminho de Anápolis (GO), onde o médium seria ouvido inicialmente. A oitiva acabou sendo transferida para Goiânia.

Outro problema relacionado à transcrição das declarações de João de Deus aconteceu no computador da delegacia, recém-adquirido. O teclado começou a funcionar sozinho e a inserir caracteres estranhos no texto por pelo menos quatro vezes.

Uma explosão no sistema elétrico assustou a equipe da delegacia. Uma extensão que seria usada para ligar o ar condicionado não suportou a carga e chegou a pegar fogo. O incidente também queimou o frigobar da delegacia e diversas tomadas.

Os ocorridos movimentaram os bastidores do caso. “O comentário existe por envolver uma questão de religião, mas nada interferiu no trabalho”, disse o delegado-geral da Polícia Civil de Goiás, André Fernandes.

Por fim, assim que João de Deus chegou ao Núcleo de Custódia do Complexo Penitenciário de Aparecida de Goiânia (GO), onde está preso, um cano estourou e alagou toda uma área.

Os policiais relatam, ainda, que um cinegrafista de televisão que atuava na cobertura do caso também sofreu um acidente de moto nesse domingo.

 

Publicidade Áudio

Enquete

Você acredita que governo de MT retomará obras de asfalto da MT 130 em 2019 atá a Sete Placas?

SIM

NÃO

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE