Paranatinga, 15 de Dezembro de 2018

Agronegócios

GRAOS

Safra de feijão prevista atende consumo doméstico, diz IBGE

Publicado 16/07/2018 00:04:31


As revisões recentes nas estimativas para a safra nacional de feijão não ameaçam o fornecimento doméstico do grão, afirmou Carlos Alfredo Guedes, gerente do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

 

A produção de feijão está prevista em 3,389 milhões de toneladas em 2018, um avanço de 3% em relação a 2017, de acordo com o levantamento de junho. O montante atende o consumo doméstico, estimado em cerca de 3,1 milhões de toneladas, segundo o pesquisador.

 

"As revisões (para baixo) na segunda e terceira safras de feijão não afetam a oferta (do grão) no País", confirmou Guedes.

Em relação à estimativa de maio, houve redução de 7.072 hectares (-0,2%) na área plantada e queda de 0,6% no rendimento médio. A produção, porém, foi revista para cima em 0,3%.

 

A primeira safra de feijão deve alcançar 1,6 milhão de toneladas, aumento de 3,2% ante maio. O rendimento médio cresceu 2,6%, enquanto a área colhida aumentou 0,5%.

 

A segunda safra de feijão deve somar 1,2 milhão de toneladas, 2,6% menor que o estimado em maio. O rendimento médio caiu 1,1%, e a área colhida recuou 1,5%. Em relação a 2017, entretanto, a produção da segunda safra de feijão está 3,2% maior. O rendimento médio tem elevação de 1,2%, e a área colhida aumenta 2,0%.

 

Já a terceira safra de feijão deve ser de 553,7 mil toneladas, uma redução de 1,0% em relação à previsão do mês anterior. São Paulo reportou uma queda de 4,2% no rendimento médio e perda de 3,6% na produção. Em relação a 2017, a estimativa para a produção de feijão terceira safra ainda está 1,8% maior, com avanço de 3,0% no rendimento médio.

 

 

Fonte: Portal do Agronegócio

Publicidade Áudio

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE