Paranatinga, 16 de Janeiro de 2019

Agronegócios

CAFÉ

Puxado por Minas, café tem produção recorde

Publicado 15/12/2018 11:08:02


Portal do Agronegócio 

Segundo dados de novembro do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA), o Brasil fechará 2018 com a maior safra de café da história, totalizando uma produção de 3,6 milhões de toneladas, ou 59,6 milhões de sacas de 60 quilos, aumento de 1,7% em relação ao mês anterior, com uma reavaliação da safra em Minas Gerais, principal Estado produtor da variedade arábica, informou nesta terça-feira (11) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

 

A produção do café arábica do Brasil foi estimada em 44,8 milhões de sacas, o que representa um aumento de 2,5% em relação a outubro, após uma alta de 3,5% no total a ser colhido em Minas. Assim, a produção mineira deve alcançar 31,4 milhões de sacas, com participação de 70,2% do total produzido no país.

 

Segundo Carlos Alfredo Guedes, gerente da LSPA do IBGE, o clima ajudou a produção de café. Além disso, 2018 foi ano de colheita cheia, conforme a bienualidade da produção do café na variedade arábica. Este tipo de café deverá fechar o ano com 2,7 milhões de toneladas produzidas, alta de 28,2% ante 2017. Já o café robusta (conilon) terá produção de 888,6 mil toneladas, alta de 30,4% ante 2017. “As condições climáticas foram muito boas para as duas variedades”, afirmou Guedes.

 

Com a revisão, a estimativa do IBGE ficou bem próxima da estimativa da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), de 59,9 milhões de sacas. Na próxima terça-feira, dia 18, a Conab deve atualizar seus números da safra 2018. (Com agências)

 

Safra deve crescer 1,7% no próximo ano

 

A safra agrícola de 2019 deverá totalizar 231,1 milhões de toneladas, uma alta de 1,7% em relação à estimativa de 2018, o equivalente a 3,8 milhões de toneladas a mais. Os dados são do segundo Prognóstico para a Safra Agrícola divulgado nesta terça-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

 

Em 2018, a safra deve totalizar 227,3 milhões de toneladas, resultado 5,5% menor que o de 2017, de acordo com o Levantamento Sistemático da Produção Agrícola de novembro. O resultado de novembro é 0,1% maior que a estimativa de outubro.

Segundo o IBGE, os agricultores brasileiros devem colher 62,0 milhões de hectares na safra agrícola de 2019, uma elevação de 1,9% em relação à área colhida em 2018.

 

Soja e feijão também estão em alta

 

A produção de grãos na safra 2018/19 deve atingir 238,41 milhões de toneladas, o que representa um aumento de 4,6%, ou 10,6 milhões de toneladas a mais em relação à safra passada 2017/18. Os números fazem parte do terceiro levantamento da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), divulgado nesta terça-feira.

Os principais produtos responsáveis por esses números são soja, milho, arroz e algodão, as maiores culturas do país, que juntas correspondem a 95% da produção total.

Neste levantamento, a área plantada de grãos no Brasil está estimada em 62,49 milhões de hectares.

 

 

Publicidade Áudio

Enquete

Qual obra é mais importante para Paranatinga em 2019.

SAÚDE

PRAÇA CENTRAL

ASFALTO

ILUMINAÇÃO

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE