Paranatinga, 16 de Dezembro de 2018

Agronegócios

SOJA

Clima favorece soja do Matopiba e região deve colher 12,1 mi de toneladas

Publicado 25/03/2018 17:12:41


O fenômeno La Niña contribuiu para o desenvolvimento das lavouras de soja e milho do Matopiba, região formada pelos estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia. A seca intensa registrada nas últimas temporadas deu lugar a chuvas regulares e em quantidade adequada, favorecendo as condições de plantio e os índices de produtividade. Segundo dados da Expedição Safra, os quatro estados tem potencial para colher até 12,1 milhões de toneladas de grãos na temporada 2017/18 – marca 7,46% maior que a registrada no ciclo anterior, quando o a região produziu 11,26 milhões de toneladas.

 

O volume de chuvas registrado no início do ano foi essencial para o enchimento dos grãos e o incremento da produtividade. No Tocantins, por exemplo, os índices devem ficar acima de 50 sacas por hectare, bem diferente das 30 ou 35 sacas por hectare colhidas nas últimas temporadas em que houve quebra. Na Bahia, conforme levantamento preliminar da Expedição Safra, os produtores esperam bater o recorde registrado no ciclo 2010/11 e fechar o ano agrícola com média geral acima de 56 sacas por hectare. Piauí e Maranhão também sustentam potencial para alcançar resultados semelhantes.

 

Colheita

A colheita, no entanto, ainda não ganhou ritmo. As chuvas que favoreceram o desenvolvimento das plantas, agora dificultam os trabalhos de retirada dos grãos. “A janela de colheita está ficando um pouco apertada, mas ainda não oferece risco. Apenas no Maranhão, os produtores estão correndo para plantar o milho safrinha para evitar os períodos de seca comuns durante o inverno”, destaca o integrante da Expedição Safra, Marcos Tosi, que na próxima semana coordena os roteiros de campo pelo Matopiba.

 

A equipe de técnicos e jornalistas vai visitar as principais regiões produtoras de Gurupi (TO), Guaraí (TO), Balsas (MA), Bom Jesus (PI), Barreiras (BA) e Luís Eduardo Magalhães (BA). Na quarta-feira (21), o projeto promove a etapa Brasília (DF) dos Seminários Expedição Safra 2017/18. O evento vai reunir representantes de todos os elos da cadeia produtiva para debater os desafios e as oportunidades do mercado internacional de grãos. A programação têm início às 9h30, na Caixa Cultural.

 

 

 

Fonte: Portal do Agronegócio

Publicidade Áudio

Anuncios

CURTA NOSSA FAN PAGE